Emblema da
38ª Companhia de Comandos
"Os Leopardos"


CONVÍVIOS

38ª Companhia de Comandos — "Os Leopardos"
 
Mensagem do Sr. General CMD Victor Ferreira, CMDT da 38ªCCmds, sobre o nosso convivio realizado em Terena e Reguengos de Monsaraz no dia 18 de Junho de 2016.

XXI Encontro 38ª Companhia de Comandos - Terena e Reguengos Monsaraz

Oficiais Presente
Sargentos Presente
Praças Presente

Homenagem ao Sargento Comando João Paulo Roma Pereira

Ao longo dos tempos temos verificado com orgulho que as novas gerações Comando mantem-se fieis ao lema de que o “Comando só se justifica em Combate” participando de forma voluntária e sem reservas nas várias Missões que Portugal vem sendo chamado a integrar. Aos jovens Comandos tem sido reconhecido Valor e Prestigio como o foi aos seus Irmãos mais velhos.

Na presença da Família a quem apresentamos os nossos respeitos, do Soldado Comando Horácio Mourão gravemente ferido na acção em que perdemos este nosso Companheiro e com todos nós

Evocamos e homenageamos a memória do Sargento Cmd João Paulo Roma Pereira morto em combate no Afeganistão.

Recordamos que o Sargento Cmd Roma Pereira tirou o Curso de Comandos em 1996-no CIOE, Lamego, no 99º CC. Esteve em Timor integrado na UNNMISET e em agosto de 2005 seguiu para o Afeganistão vindo a falecer em 18 Novembro em virtude ferimentos sofridos numa emboscada nos arredores de Cabul.

Caiu pela Pátria e pelos Comandos:

Sargento Cmd João Paulo Roma Pereira
Presente.


Homenagem a todos os Comandos falecidos

Partiram para a eternidade tendo servido Portugal nos Comandos os nossos Fundadores

TCor Cmd Santos e Castro

General Comando Soares Carneiro

Major General Comando Jaime Neves

Evoquemos

Oficiais Presente

Sargentos Presente

Praças Presente


Alocução à 38ªCC

Caros Leopardos como habitualmente realizamos o nosso almoço anual neste mês de Junho procurando celebrar datas importantes e marcantes na vida da nossa companhia. Refiro-me naturalmente às que assinalam a partida e a vinda da Guiné, e os acontecimentos do Mês de Maio de 73. Porém a partir de Junho deste ano, comemoramos a atribuição da Cruz de Guerra de 1ªClasse à 38ªCC. Creio que este acontecimento pelo seu significado traz satisfação a todos nós pelo reconhecimento do valor, do sacrifício, do sangue, suor e lagrimas que tivemos de verter para conquistarmos tão alta distinção.

Fui educado numa escola cujo lema retirado do poema, as Odes de Horácio reza:

Dulce e decorum est pro pátria mori , que traduzido à letra quer dizer: que é doce e honroso morrer pela Pátria.

Sabemos da importância que os símbolos têm nas nossas tradições e valores.

Mas mais importante é que não se traduzam apenas em frases para adornar monumentos ou logotipos de correspondência. Digo vos isto pelo valor que atribuo a este gesto do Exército e de Portugal dando-nos a honra de ser merecedores de tão alta distinção.

Durante mais de década e meia, no nosso seio fomos a Pátria dos companheiros que caíram ao nosso lado no Teatro de Operações da Guiné.

Corremos de Norte a Sul, do litoral ao interior, prestando-lhes a nossa homenagem junto dos seus túmulos, tentando confortar as respectivas famílias com palavras doces com que escondemos o pesar de não os termos connosco. Ali afirmámos-lhes de que jamais os esqueceríamos e gritamos

PRESENTE

Agradeço ao Comando do Exército e a Portugal o ter dado significado vivo ao lema com que fui formado.

Agradeço também a todos os que desde a primeira hora nos deram o seu apoio nesta circunstância com especial destaque para os nossos dois Comandantes de Batalhão, General Comando Almeida Bruno e Coronel Tirocinado Comando Raul Folques.

Convido desde já todos para que estejam em peso no quartel da Serra da Carregueira no próximo dia 29Jun dia dos Comandos para tomarem parte na Cerimónia em que o nosso glorioso Guião passará a ostentar tão alta distinção.

Permito-me agora convidar ao Capitão Cmd Domingos meu digno sucessor no comando da Companhia para ler o louvor atribuído à 38ª CC publicado na Ordem do Exercito nº 2,1ª Serie 2016. Este documento põe em relevo o valor e o contributo dado por todos os membros da Companhia durante o período que durou a comissão. É algo de que todos se devem orgulhar pois tudo que lá está escrito, foi feito com o vosso suor, com algumas lágrimas e com muito sangue. Não os deixeis esquecido nos arquivos do tempo mas antes fazei-o viver nos seios das vossas famílias para que os vossos descendentes se sintam honrados e fundamentalmente se inspirem para servirem a nossa Querida Pátria como nós a servimos.

O almoço do próximo ano será no Porto. Homenagearemos o Soldado Cmd Ilídio da Costa Moreira e Soldado Comando António Mendes.

Celebremos cantando o Hino dos Comandos

Mama Sumae


Trigésima Oitava Companhia de Comandos
A Sorte Protege os Audazes
Guiné 1972 - 1974

Alguns dos conteúdos disponíveis neste website podem chocar pessoas mais sensíveis.
Recomendamos discrição na visualização dos mesmos.

Todos os direitos reservados © 2015.