Comandante da 38ª Companhia de Comandos - General Pinto Ferreira


Capitão de Infantaria
CMD
Pinto Ferreira
Comandante da
38ª Companhia de Comandos
Guiné 1972-1974


MENSAGEM DE BOAS VINDAS DO COMANDANTE DA 38ª COMPANHIA DE COMANDOS

Olá , Hello! Bem vindos ao website da
38ª COMPANHIA DE COMANDOS

 

Em meu nome pessoal e do de todos os membros deste Grupo dou-vos as nossas calorosas Boas Vindas, desejando que encontreis neste espaço todas as respostas à vossa curiosidade sobre as finalidades que nos animam.


Somos um Grupo de Veteranos (Hermandade) constituído por Ex-membros da 38ªCompanhia de Comandos, ultima Companhia Metropolitana (Europeia) de Comandos que combateu na Guiné. Daqui, uma saudação muito especial aos primeiros Grupos Comandos que no longínquo ano de 1962 materializaram os passos iniciais desta Especialidade e que tiveram continuação nas mais de 50 Companhias e nos 3 Batalhões que nos anos seguintes combateram em Angola Guiné e Moçambique fazendo jus ao Ethos de que “o Comando só se Justifica em combate”.

Uma palavra de valor para recordar Gilberto Santos e Castro que com a sua capacidade, persistência e fé implementou em Angola a sua concepção táctica de emprego das Forças Comando e que teve como corolário a derrota das forças de Guerrilha no Leste, conforme está amplamente reconhecido.

Outra palavra de realce para aqueles que no fim da Guerra souberam encetar um caminho novo, cuidando de preservar as características Comando, permitindo que num momento difícil para o País, sob a Liderança de Jaime Neves, tivessem uma intervenção exemplar na vida nacional.

O espirito mantem-se, de então para cá os Comandos continuam a dar provas da capacidade da sua formação, demonstrando nos mais variados teatros o seu valor, o que é revelado pela admiração e apreço que os nossos Aliados nos dedicam e pelo respeito que os nossos Inimigos nos votam.

Aqui estaremos neste espaço, nós que fomos elo de ligação com os nossos Avós mobilizados para a Flandres e para Moçambique na 1ª Guerra Mundial e recebemos deles as suas memórias.

Estamos agora prontos a compartilhar as nossas, com as novas gerações com quem estamos em contacto e dar-lhes a conhecer o que foi nosso esforço e o nosso sacrifício na guerra que travamos na Guiné.

Ouvireis falar daqueles que partiram do nosso seio devido ao combate, do respeito que a sua memória nos merece, como os visitamos ao longo dos anos, nos locais onde jazem para a vida eterna, procurando dar algum conforto às suas famílias, deixando-lhes uma mensagem da nossa homenagem e amizade inapagável.
 
Certamente abriremos memórias recordando momentos bons e menos bons mas fundamentalmente lutando para que elas sejam preservadas de acordo com a realidade que vivemos e não deturpadas ou menorizadas por quem numa ânsia de protagonismo mesquinho pretenda trepar por cima do nosso sacrifício e do valor que tivemos que demonstrar para podermos-mos estar aqui com o Guião da 38ªCC e dizer Mamasumae - AQUI ESTAMOS.

Vereis como nascemos, como lutamos, como vivemos unidos há mais de 40 anos, recordando um passado de que nos orgulhamos por termos servido Portugal e os Comandos.

Major General CMD
Victor Manuel Pinto Ferreira


 

 


COMANDOS EXÉRCITO PORTUGUÊS

A 38ª Companhia de Comandos também conhecida pelo nome de "Os Leopardos" foi uma companhia de forças especiais de contra guerrilha COMANDOS do Exército Português formada em 1972 em Lamego no Centro de Instrução de Operações Especiais do Exército Português que combateu implacavelmente as forças do PAIGC entre 1972 e 1974 nos territórios da Guiné Portuguesa.

"dos fracos não reza a história..."
A SORTE PROTEGE OS AUDAZES
CRONOLOGIA DA COMPANHIA

Trigésima Oitava Companhia de Comandos
A Sorte Protege os Audazes
Guiné 1972 - 1974

Alguns dos conteúdos disponíveis neste website podem chocar pessoas mais sensíveis.
Recomendamos discrição na visualização dos mesmos.

Todos os direitos reservados © 2015.